News Trending

A lua de sangue é um sinal das profecias bíblicas do fim dos tempos?

ad+1

Por esses dias tivemos um evento que foi muito comentado, que foi o eclipse onde a lua fica com aspecto vermelho, parecendo de sangue, que as pessoas têm chamado de lua de sangue. Algumas pessoas ligaram esse evento a algumas profecias bíblicas, como a que está em Joel 2:31: “O sol se converterá em trevas, e a lua, em sangue, antes que venha o grande e terrível Dia do SENHOR”.
Lua de sangue, sinal do final dos tempos?












 Qual é a sua opinião sobre o assunto?
Caro leitor, realmente esse fenômeno da natureza deixou muitas pessoas preocupadas com o tão temido final dos tempos, porém, é preciso avaliar as coisas com mais razão e menos emoção, avaliar o que a Bíblia realmente diz para que julguemos os fatos com retidão.

Lua de sangue: Sinal do final dos tempos?

(1) O fenômeno chamado de “lua de sangue” nada mais é do que um fenômeno natural que, inclusive, já ocorreu outras diversas vezes depois que as Escrituras forame escritas e ocorrerá outras vezes
(se Deus permitir). Não é algo inédito. Fica bem complicado associarmos um fenômeno natural como esse à profecia de Joel, já que Joel fala a respeito de uma espécie de alteração significativa nos elementos cósmicos (Sol escurecendo e lua se convertendo em sangue) antes da vinda do Senhor. O profeta Isaías também relata algo parecido, quando diz: Eis que vem o Dia do SENHOR, dia cruel, com ira e ardente furor, para converter a terra em assolação e dela destruir os pecadores. Porque as estrelas e constelações dos céus não darão a sua luz; o sol, logo ao nascer, se escurecerá, e a lua não fará resplandecer a sua luz” (Isaías 13:9-10). No fenômeno da lua de sangue não vimos nada ocorrer no sol, nenhuma “conversão” em seu estado original, e nem a lua teve uma “conversão” de seu estado atual para outro, conforme o texto de Joel diz que vai ser. O que vimos foi apenas um fenômeno natural que teve início e fim e, inclusive, foi previsto pelos cientistas.

(2) Outro texto bíblico onde a profecia da lua de sangue aparece é Apocalipse 6:12-13: “Vi quando oCordeiro abriu o sexto selo, e sobreveio grande terremoto. O sol se tornou negro como saco de crina, a lua toda, como sangue, as estrelas do céu caíram pela terra, como a figueira, quando abalada por vento forte, deixa cair os seus figos verdes”. Observe que o verso fala de intervenções e sinais de Deus nos elementos naturais muito maiores do que um simples eclipse lunar. Não consigo perceber qualquer ligação de um eclipse lunar e uma refração dos raios solares que atravessam a atmosfera e são filtrados, com exceção dos raios vermelhos, que conseguem atravessar a atmosfera e atingir a lua, com um sinal da magnitude que a Bíblia mostra. Não existe essa relação.
(3) A palavra de Deus nos orienta a ter cuidado com relação a sinais dos céus. Os pagãos acabam se espantando com tudo, mas os servos de Deus não devem se atemorizar com nada disso, conforme nos orienta o profeta Jeremias: “Assim diz o SENHOR: Não aprendais o caminho dos gentios, nem vos espanteis com os sinais dos céus, porque com eles os gentios se atemorizam” (Jeremias 10:2). Devemos ter tranquilidade e avaliar tudo usando a palavra de Deus, que nos dá a direção correta a seguir com relação aos fatos.
(4) Eu sei que vários irmãos vão discordar dessa posição e avaliação que fiz. Mas a eles digo que mesmo que considerássemos que esse fenômeno seja um sinal do final dos tempos, a nossa atitude deve permanecer a mesma, ou seja, manter a nossa fé em Jesus e continuar trabalhando pelo reino. O medo não deve ser o fator que nos aproxima de Deus, mas sim o amor. Também não podemos cair no erro daqueles que tentam acertar a vinda de Cristo. Jesus foi enfático, quando no disse: “Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que fosse arrombada a sua casa” (Mateus 24:42-43).
(5) Sabemos que a Bíblia nos disse que haveriam vários sinais que acompanhariam a segunda vinda de Jesus. Estes sinais servem para que os servos de Deus saibam que Deus está fazendo a Sua vontade ser cumprida. A nós, servos de Deus, cabe vigiarmos e sermos sempre servos de Deus, sem se desviar. Mas Deus também nos disse para ter cuidado, pois muitos se confundiriam com esses sinais e tentariam, inclusive, confundir os servos de Deus: “E vos dirão: Ei-lo aqui! Ou: Lá está! Não vades nem os sigais; porque assim como o relâmpago, fuzilando, brilha de uma à outra extremidade do céu, assim será, no seu dia, o Filho do Homem” (Lucas 17:23-24).
(6) Para finalizar, creio que a melhor atitude que um cristão deve ter diante da lua de sangue que vimos por esses dias, é curtir a beleza da natureza criada por Deus e observar como o salmista já observou outrora, quando disse: “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” (Salmos 19:1).

0 comentários: