» »Não marcado » DEUS ESTÁ PROCURANDO MÃES QUE ENCONTREM TEMPO PARA ORAR POR SEUS FILHOS.



A PRESSA é o sinal distintivo da nossa geração. Não temos mais tempo. Corremos o dia todo. Acordamos cedo e vamos dormir tarde. Vivemos sob o peso do estresse, da agenda congestionada. Os pais não têm tempo para os filhos. O trabalho está ocupando todo o tempo da família. O dinheiro passou a ser mais importante do que os relacionamentos.

O lar se transformou num albergue, onde as pessoas só se encontram para dormir. Os relacionamentos estão em frangalhos porque a família deixou de ser prioridade. As coisas urgentes tomaram o lugar das coisas importantes. O diálogo está morrendo dentro das famílias. A televisão ocupou o lugar do altar de oração nos lares. A família já não tem mais tempo para orar, para ler a Bíblia e para cantar louvores a Deus.

As migalhas de tempo que lhes sobeja são utilizadas com banalidades e conversas vazias ou mesmo com o silêncio sepulcral. Os pais e os filhos estão vivendo isolados debaixo do mesmo teto.

Os filhos fazem dos seus quartos um lugar de fuga da comunhão familiar. Estamos levantando muralhas de separação dentro de casa em vez de construirmos pontes de contato. Precisamos de mães que passem tempo com seus filhos, de mães que falem de Deus para os seus filhos, mas, sobretudo, de mães que falem dos seus filhos para Deus. Abraão Lincoln disse que as mãos que embalam o berço, governam o mundo.

Mas, jamais teremos uma geração comprometida com Deus e com os valores do Reino de Deus se não tivermos mães intercessoras. Necessitamos de mães que conheçam a Deus na intimidade, mães que vivam na presença de Deus, mães que derramem seus corações diante do Senhor em fervente oração. Precisamos de mães que busquem mais a salvação e a santificação dos seus filhos do que o sucesso deles. Precisamos de mães que passem mais tempo no altar da intercessão pelos filhos do que nas academias de ginástica.

Precisamos de mães que desejem ardentemente que seus filhos sejam filhos de Deus do que seus próprios filhos. Maior influência que uma mãe pode exercer na vida dos seus filhos é por meio da intercessão. O maior investimento que uma mãe pode fazer na vida dos filhos é orar por eles. A maior defesa que uma mãe pode realizar a favor dos filhos é diante do trono da graça de Deus. Precisamos de mães que se coloquem na brecha em favor dos filhos. Precisamos de mães que invistam tempo na oração em favor dos filhos. Quando oramos pouco não é por causa da falta de tempo, mas pela falta de prioridade. Temos tempo para tudo o que nos é importante. Agendamos tudo aquilo que para nós é prioridade. Devemos organizar a nossa vida de oração. Devemos colocar a oração no topo da nossa lista de prioridades.

Se você não preparar a sua vida de oração, você não vai orar. Se Deus não for a prioridade da sua vida, você não vai orar. Talvez você tenha boas razões para justificar a sua negligência na oração. Talvez você esteja muito comprometido, com a agenda congestionada para ter um tempo sistemático de oração. Se você está tão ocupado a ponto de não ter tempo para orar, você está ocupado demais.

Talvez seu pecado seja o ativismo. Talvez as coisas, o trabalho, a casa e o dinheiro estejam ocupando o lugar central de Deus na sua vida.

A Bíblia fala de um homem muito rico, chamado Jó. Ele era fazendeiro. Ele tinha bens para cuidar, muitos empregados para administrar, muitos negócios para resolver. Mas, Jó tinha tempo para orar pelos seus dez filhos. Ele se levantava de madrugada para orar por eles. As primícias do seu tempo eram oferecidas a Deus em favor dos seus filhos. Ele não cessava de colocar cada um deles no altar de Deus.

Suzana Wesley tinha 19 filhos e ela nunca abriu mão de ter uma hora de oração por dia em favor deles. Essa hora era sagrada para ela. Seus filhos não ousavam interrompê-la, porque sabiam que ela estava de joelhos no seu quarto derramando a sua alma diante de Deus em favor de cada um deles.

Aquela mulher piedosa legou ao mundo um dois maiores avivalistas do século 18, João Wesley, e um dos mais consagrados músicos evangélicos, Carlos Wesley. Precisamos de mães que mesmo na agitação da vida moderna tenham tempo para buscar a Deus em favor dos filhos.

Quero desafiar você, mãe, a organizar o seu momento de oração. A reservar aquela hora sagrada de fechar a porta do seu quarto e estar a sós com o Senhor em secreta e proveitosa hora de oração. O maior bem que você pode fazer à sua família é ser uma ardorosa intercessora.

A melhor maneira de você investir o seu tempo é interceder pelos seus filhos. A melhor maneira de você derramar as suas lágrimas é na presença do Senhor em favor dos seus filhos.

Em 1997, eu estive na Coréia do Sul visitando onze igrejas em Seul. Visitei igrejas de dez mil, 12 mil, 18 mil, 30 mil, 55 mil, 82 mil e 700 mil membros. O que mais marcou a minha vida naquela visita foi ver o compromisso da Igreja evangélica coreana com a oração. Todas as igrejas evangélicas têm reuniões diárias de oração pelas madrugadas. Mesmo no inverno rigoroso, com a temperatura abaixo de zero, as igrejas ficam repletas de pessoas sedentas de Deus. A importância da oração não está retratada apenas nos seus manuais de teologia, mas na prioridade de suas agendas.

Quando perguntei a um pastor coreano por que eles oravam de madrugada e se aquele era apenas um hábito dos orientais, ele me respondeu que em todos os lugares do mundo as pessoas levantam-se cedo para cuidar dos seus interesses; eles, contudo, levantavam-se de madrugada para orar, porque Deus é prioridade em suas vidas.

Nossa geração desaprendeu o exercício da oração. Estamos lutando com armas carnais e não estamos usando as armas espirituais que são poderosas em Deus. As mães de hoje precisam aprender a orar pelos seus filhos, a chorar por eles diante de Deus, a colocá-los no altar de Deus através da oração e a não abrir mão da vida deles.

Uma das mais doces lembranças da minha infância era levantar-me de madrugada e ver minha mãe ajoelhada aos pés da sua cama orando pelos seus filhos. Algumas vezes, ela levantava-se eia para o quintal e lá, sob o brilho cintilante do luar e sob a abóbada crivada de estrelas luzidias, derramava a sua alma diante de Deus. Ah! Eu reconheço que sou fruto das orações de minha preciosa mãe!
AUTOR: HERNANDES DIAS LOPES
LIVRO: MÃES INTERCESSORAS

Postador ERI VIEIRA

Exclusivamente voltado para matérias informativas em questões fé Cristã, notícias e estudos bíblicos, este site tem o objetivo de servir como ferramenta de evangelização bem como alerta e preparo à igreja cristã sobre os últimos eventos que antecedem a Volta Gloriosa de nosso Senhor Jesus Cristo. Abençoando vidas desde de 2013, ERIVIEIRA é uma página beneficente sem fins lucrativos...
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

DEIXE UM COMENTÁRIO

AVISO! Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários! Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto, caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência. Comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. BLOG ERI...VIEIRA